Top 5: esportes mais radicais do mundo

Há um velho ditado que diz: “Viva la vida”, ou simplesmente, viva a vida! Mas não viver de qualquer maneira com rotinas monótonas e absoletas, mas viver cada dia como se fosse o último, cada dia uma nova aventura e novos desafios.

Geralmente quem conhece e curte tal ditado, adora esportes radicais! Esportes esses que desafiam a própria morte muita das vezes, de tão perigosos que são. Mas acredite, a sensação final vale muito a pena!

Já dizia o sábio, aquele que faz novas coisas, sentirá coisas na qual ninguém jamais sentiu. Ficou meio confuso? Dê-me um momento: aquele na qual não tem coragem de desfrutar de um esporte radical, jamais sentirá a magia desse momento.

Ficou curioso com essa breve introdução? Pois vamos ver os 5 esportes mais radicais do mundo!

Highlining

By Pixabay

Há alguns anos atrás estava bem na moda, consistindo em uma corda bamba amarrada entre duas árvores, na qual os adeptos faziam manobras e mais manobras, impressionando a todos que ali se faziam presente.

Até então não tem nada de muito radical, torna-se de fato radical quando mescla tal esporte à penhascos ou edifícios altíssimos, e detalhe, sem quaisquer rede de proteção.

Já deu de radical? Talvez, mas a única coisa que acaba segurando o atleta é uma única corda de segurança amarrada à própria corda bamba. Se por algum motivo a acorda vir a se romper, ‘acabou’.

Veja o vídeo abaixo e entenda melhor! E claro, esse esporte é um dos que mais dão ‘agonia’ somente de assistir, não é? Mas vale muito a pena!

Paraskiing

By Pixabay

Nome confuso? Aposto que a imagem já deu uma ajudinha no que esse esporte significa. Ele consiste basicamente na junção de paraquedismo com snowboard. Já pensou na loucura? Além de esquiar que já é algo bem sinistro, ainda terá a ajudinha da força do vento, aumentando ainda mais sua velocidade.

Esse esporte é bastante arriscado se feito de maneira equivocada, mas quando é praticado por profissionais, não somente é lindo para que estar a praticar, mas também para aqueles que veem tal espetáculo.

No vídeo abaixo você poderá contemplar um pouco do que estamos falando, e embora seja algo bem arriscado, com certeza é válido de fazer pelo menos uma vez na vida. Pra zerar a vida, né?

Wingsuit Flying

By Pixabay

Talvez você não conheça por nome, mas aposto que você já viu em algum lugar. É o famoso ‘transforme-se em um pássaro’ literalmente. Através de uma roupa especial, é possível mesclar o paraquedismo com o voo livre, mas controlado.

O ‘atleta’ digamos assim, consegue controlar seu voo, através de pequenas ‘asas’ que tem ao redor do traje, mais precisamente na lateral e entre a pernas. As mesmas têm bolsas de ar, que dão mais sustentação ao piloto.

Aos mais experientes, é possível até cair perto de montanhas e rochedos e aproveitar momentos únicos! Mas claro, é necessário um intenso treinamento até que seja feito com total precisão. Veja o vídeo logo abaixo, é muito louco!

Volcano Boarding

Somente o ato de esquiar já é arriscado e sinistro, não é? E se mesclarmos o esqui com um vulcão ativo? Na qual a qualquer momento pode entrar em erupção? Parece loucura, não é? Mas é isso que faz a alegria de muitos!

Esse esporte consiste em deslizar pela lateral de um vulcão na qual está recoberto de cinzas e até de lava, mas lógico, geralmente já frias. Após chegar a determinada altura, eles fazem uma espécie de tobogã e desce de alto a baixo.

Veja o vídeo abaixo e se impressione com o que eles são capazes de fazer somente para sentir a tão sonhada e desejada adrenalina!

Mergulho livre

By Pixabay

Esse a maioria pode fazer em qualquer rio ou até mesmo no mar! Consiste não em ter liberdade para ir para onde quiser, mas eu ir sem o importante balão de oxigênio, já pensou? Geralmente, os adeptos planejam rotas e ‘metas’ para irem e virem sem qualquer ajuda de balões de oxigênio.

E claro, é um esporte pra lá de arriscado, pois qualquer alteração na pressão da água ou algum outro imprevisto, pode causar prejuízos letais! Veja o vídeo abaixo e fique de queixo caído!

Por mais que sejam esportes radicais e perigosos, mas praticar pelo menos uma vez na vida não faz mal a ninguém, não é? Ainda mais para quando chegar à velhice ter aquela tão desejada sensação de ‘dever cumprido’ ou de pelo menos, ‘zerei a vida’. Pois como já dizia o poeta, a nossa vida é um game na qual um dia chegará o Game Over!

Leave a Comment!